As expedições geográficas marítimas e, nomeadamente, a Primeira Viagem à Volta do Mundo de Magalhães e Elcano, constituem factos e associam um património material e imaterial único e singular presente exclusivamente nos territórios fronteiriços de Espanha e Portugal e que teve, entre os séculos XV e XVII, o seu período mais próspero.

O projeto EXPLORATERRA“Preservação, valorização e promoção do património cultural vinculado à I Circunavegação e às Expedições Marítimas Geográficas”, co-financiado pelo Programa de Cooperação Transfronteiriça Espanha-Portugal (INTERREG V A – POCTEP), tem por objetivo valorizar e promover o património cultural vinculado a estas expedições na Andaluzia, Algarve, Alentejo e Galiza, através da criação de equipamentos turísticos inovadores e da estruturação do património marítimo num produto turístico cultural único: “Terra de Exploradores”.

OBJETIVOS DO PROJETO

1. Recuperar, adaptar e valorizar pela sua utilização informativa, cultural e turística, os navios históricos, como elementos icónicos do património vinculados à Primeira Volta ao Mundo e às Expedições Marítimas Geográficas que partiram das costas da Península Ibérica.

2. Estruturar e integrar as iniciativas, recursos e património cultural das explorações, juntamente com novos equipamentos de interpretação, sob uma marca-destino comum denominada “Terra de Exploradores“, a sua gestão partilhada e a sua incorporação efetiva nos canais de marketing e intermediação turística.

3. Promover a proposta e dar visibilidade aos territórios nos principais mercados turísticos emitentes através duma ambiciosa ação promocional itinerante que utilizará os navios históricos como veículos e suportes de atração singular, complementada por um programa de comunicação de alto impacto.

Saiba mais em www.exploraterra.org